Sobre os caras que tive | Melhores amigos

Leia ouvindo: Adrian Lux – Teenage Crime

A aproximação foi imediata. Dois malucos que desciam até o chão no meio da balada, tomavam tequila e porres, saiam de madrugada pra comer temaki e sentavam na beira da piscina para tomar vinho. Não foi difícil nos tornarmos parceiros de vida. Ele sabe de tudo da minha vida e sempre esteve presente nas minhas maiores decepções. Ele é o meu melhor amigo.

Em todas as histórias mais importantes ele estava lá, término de namoro longo, provas importantes, shows incríveis, decepções, outro término de namoro, conquistas, festas, porres e beijos. Aconteceu em um dia que saímos para beber e eu gostei. Beijamos algumas outras vezes e quando a coisa começou a tomar forma, eu fui frouxa.

{ Imagem reprodução }
{ Imagem reprodução }

 “Vai estragar a amizade” sempre vinha a minha cabeça todas as vezes que nós ficávamos. Como ele sempre dizia, “Amizade não estraga, só melhora”, papo de homem eu sei, mas sempre com um fundo de razão. Ele é o cara que eu admiro, inteligente, bonitão, super trabalhador, animado, protetor, querido por todos e parceiro. Ele me conhece como poucos, sabe da minha risada mais sincera, do meu choro mais triste, do pior e do melhor dia da minha vida. Nunca me julgou por ter feito isso ou aquilo, muito pelo contrário, encontrei nele um porto seguro em meio à tempestade.

Ele queria segurar na minha mão e levar adiante o amor, mas escolhi a amizade. Frouxa de novo. Tinha tudo para ser, mas às vezes a gente não quer mesmo. O vento não sopra à favor, o barco não sai do lugar, o mar está agitado demais e a gente prefere ficar ali, com os pés na areia.

Por algumas semanas houve um distanciamento natural, mas nada que mudasse tudo aquilo que sentíamos um pelo outro. Ele continua sendo o cara que eu ligo de madrugada para chorar ou rir. Que me acompanha em festa estranha com gente esquisita, sabe que depois da quarta tequila eu vou dançar com arvores, abraçar cachorros de rua e querer comer um temaki gigante. Sabe que esse meu jeito maluco é só proteção por um coração careta.

Tem gente que entra na nossa vida e logo procura à saída mais próxima para ir embora, justamente por não suportar nossas loucuras. Tem gente que entra na nossa vida e fica, por um motivo simples, sabe que de santo e louco todo mundo tem um pouco.

Assinatura_Ju

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo