Sobre os caras que tive | O bem que me faz

Leia ouvindo: John Mayer – Heart Of Life

Foi assim, sem criar qualquer expectativa que tudo aconteceu. Na verdade, foi não, é assim. Quando menor a expectativa, melhor a realidade.

Te conheci onde menos esperava, coisa de destino, acredito eu. Num momento em que comecei a ver a luz do sol depois de um tempo dentro do poço. Foi natural ficar não só com um pé atrás, mas com um muro de distancia. Quem sabe assim eu não estaria segura novamente, não é mesmo? Não.

Você me mostrou que as coisas podem ser sempre melhores do que imaginamos. Um colo é melhor do que o outro lado do muro. Uma voz bonita no telefone, um papo cabeça, aquela discussão sobre política e economia, um encontro apesar da distancia geográfica, um abraço apertado, um cheiro para relembrar de tudo.

Não sei ao certo se é realmente o cara da minha vida, mas anda sendo com certeza o cara do momento. Vivo a cada dia com você algo novo. Mesmo de longe, me apoia, incentiva, faz questão de participar de momentos únicos da minha vida. Acho que você deve realmente saber a importância do “como é que foi o seu dia?”.

Caras

[ Imagem: reprodução ] 

É bonito isso que criamos, um laço de apoio e desejo. Quero seu bem independente do amanhã, quero o seu bem para sempre, mesmo que no sempre a gente não esteja junto. Acho que gostar de alguém é isso, é desejar o bem.

A minha única expectativa com você é que a gente nunca se perca um do outro. Vou querer saber sempre da sua vida, dos seus planos, das suas histórias e das suas piadas sem graça que me fazem rir. Que mesmo que um oceano nos separe, você sempre vai estar perto. Santo dia que inventaram o Skype!

Estou escrevendo tudo isso para dizer que você é o cara que tive e que ainda tenho,  que me fez e faz tão bem. O bem de verdade, a presença sincera, a conversa boa, a risada frouxa, as histórias contadas à toa. Que o destino nos pregue novas peças, porque essa última – te conhecer – foi ótima.

Boa sorte!

2015_Ju

Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo