TEXTO DE SEGUNDA | TUDO POR VOCÊ

0

Leia ouvindo: Panama – How we feel

Se eu te perguntar se você está viva, muito provavelmente vai me dizer que sim. Mas não confunda, respirar é diferente de viver. Respirar é no automático, a gente só reage. Viver, bem, viver é tudo aquilo que não colocamos no modo automático.

O automático não permite a gente perceber coisas simples, como um final de tarde da janela. Estamos ocupados demais atrás de alguma tela. Já no viver, a gente aprende a ponderar. A gente deixa a tela de lado, olha para a janela e aproveita aqueles poucos segundos que se acomodam para todo o sempre.

No automático a gente não costuma fazer tudo por nós, a gente faz pelo outro. A gente faz por um cargo, por um chefe, por um parceiro ou relacionamento. A gente esquece de viver da maneira mais verdadeira a nossa vida. Por que o propósito é esse: expandir, prosperar e experienciar com ainda mais consciência.

Fotografia: Juliana Manzato

Tudo aquilo que é bom de verdade, dos amigos aos relacionamentos, tem leveza e fluidez. Você não precisa forçar para acontecer, tudo simplesmente acontece do jeito que tem que acontecer. Nada tira a leveza por que essa já faz parte do ser.

Vira e mexe a gente confunde o verbo fluir com insistir. Achamos que precisamos insistir em algumas situações para acontecer tudo aquilo que desejamos. Fluir é outra coisa. Acontece, e acontece quando a gente menos imagina.

Acontece ali na janela vendo o final do dia. Acontece no primeiro gole de café. Acontece no respiro. Acontece no suspiro. Acontece no sorriso. Acontece todas as vezes que a gente vive com presença verdadeira do ser e percebe o quanto de expansão acontece depois de cada nano segundo.

Faça tudo por você. Faça tudo por você sem se preocupar com quem está do seu lado. Não existe melhor ou pior, certo ou errado, bom ou mal, existe aquilo que você escolhe todos os dias.

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.
Juliana Manzato

Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.