Um abraço para o difícil

Leia ouvindo: Good Morning – KION

O desafio é necessidade para algumas pessoas. Elas são movidas por tudo aquilo que tem certa complicação, como fuga ou redenção. O desafio exige coragem, exige atenção também. Expectativas que se alimentam de dificuldades.
Se está muito fácil, só pode dar errado!
É como se fôssemos merecedores de tal dificuldade, como se ela própria fosse a nossa salvação, oração.
Ei, a vida também sabe ser legal e facilitar as coisas vez ou outra, viu?
E esquecendo das facilidades, nos vitimamos diante da dificuldade e optamos pela facilidade, baixar a cabeça e se lamentar por aquilo que escolhemos.
Eu sei que nem tudo é fácil, e se quer saber, a dificuldade é tipo tempero da vida, depois dela parece que tudo ganha sabor. Desabamos diante de dificuldades, e agradecemos por tudo aquilo que passamos de mãos dadas com ela. A pobre facilidade sempre perde a graça.
Levantamos a bandeira da gratidão sem sermos tão gratos assim. Somos gratos pelas dificuldades, mas esquecemos das facilidades que nos acontecem. Aliás, conseguimos banalizar amor e gratidão. Tá tudo no mesmo saco, junto com a crítica gratuita e inveja barata.
Será mesmo que precisamos ser assim? Será mesmo que precisamos receber tão bem a dificuldade e deixar apenas migalhas para as facilidades que a vida nos oferece? Toda vida, por mais custosa que seja, tem sua poesia. E por que não somos gratos de verdade por pequenas coisas?
Aprendemos tirar as pedras do caminho para construir um castelo, não foi assim que a sua mãe te ensinou? Pois bem, mas castelo tem jardim. Se a cada facilidade fosse plantada uma flor, deixaríamos um caminho bonito e mais fácil para quem passasse por ali, não é mesmo?
Olhe para suas dificuldades, mas não deixe de elogiar e valorizar as facilidades que a vida te proporciona. Primeiro porque suas costas ficarão mais leves, e segundo porque a mochila que você leva para essa caminhada não deve ser tão pesada.
Juliana Manzato
Últimos posts por Juliana Manzato (exibir todos)

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras. Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Esportista. Feminista. 80 porcentista. Irônica eu? Imagina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo