Um pedido à estrela

Leia ouvindo: OneRepublic – Counting Stars

Olhava despretensiosamente para o céu quando o rastro de luz caiu. Nunca fui muito esotérica, crente de horóscopo ou ligada nessas coisas de constelações e planetas, mas das raras vezes em que vi estrelas cadentes, foram inexistentes as chances que deixei de pedir um bocadinho aos astros.

É da natureza humana se segurar em crenças que, por vezes, nem sabemos de onde vêm para justificar o tanto de pedidos que temos a fazer. Não significa que nossas vidas estejam ocas, mas realmente esperamos que certas soluções caiam repentinamente do céu.

Hoje, enquanto o brilho dela se esvaia, eu aproveitava a lenda para pedir amor. Não aquele amor banal, um “eu te amo” ordinário. Eu queria era que cintilasse o sentimento mais bonito dentro de cada ocasião. Não me importaria que ficasse tudo cor de rosa, melado demais, realista de menos. Preferiria enjoar-me no excesso do amor do que enojar-me na sobra de amargura.

[ Imagem: reprodução ] 


Reconheço certa infantilidade em acreditar que um fenômeno luminoso pudesse espalhar ternura só porque o vi cruzar a escuridão. Sinceramente, não me importo. Jogo meu pedido aos céus, esperando que qualquer divindade o atenda. Porque quando se trata do amor, todo desejo deveria ser uma ordem.

Aproveitei para fechar os olhos e refletir sobre como seria a vida regada de um pouco mais de afeto. Abri um sorriso ao imaginar a escassez de brigas, dei uma gargalhada alta idealizando amizades livres, senti borboletas no estômago ao crer em um amor pra vida toda. Só por hoje, desejava permanecer ali, de olhos cerrados, aguardando ser despertada pela estrela me contando que tudo que pedi tinha virado realidade.

Decidi ter fé no universo e fiz figa para que a juvenilidade do meu ato se engrandecesse em vida real. Em voz alta, e dessa vez sem brilho itinerante, ecoei mais uma vez pro céu: “Mais amor, por favor.” Porque quando se trata dele, o “demais” nunca é suficiente.

Assinatura_Bia

Bianca Carvalho
Últimos posts por Bianca Carvalho (exibir todos)

Bianca Carvalho

Uma carioca branquela, bagunceira e desbocada. Uma mulher questionadora, inquieta e expansiva. Uma amante do mundo, dos cachorros e de pessoas apaixonadas pela vida.

Um comentário em “Um pedido à estrela

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo